out 20, 2010

Postado

Congado Fundão

Fila rosa representa as vestes da santa, fila azul o seu manto.  É assim no Congado do Fundão, onde Sr. José, capitão do Congado, nos conta suas devoções por Nossa Senhora do Rosário. Encontrada em uma gruta, um grupo de padres buscaram a santa para levá-la para a igreja, mas ela volta para a gruta outra vez. Com isso, uma família de escravos liderados por Chico Rei decidem ir até lá vestidos de folha de indaiá com capacetes com penacho, tocando lata e viola de taquara. Vieram trazendo a santa, cantando e tocando com “aquela alegria de família” até a igreja, de onde ela não saiu mais. Essa é a história que aprenderam por lá e vão seguindo seu com seu Congado na festa do Rosário:

  1. Que beleza de maravilha, a cultura negra brasileira!

Deixa um Comentário