jun 26, 2014

Postado

A mesa e o pão / O couro e a corda

A mesa e o pão / O couro e a corda

Mesa

Na Folia da Serra, um momento muito importante e esperado por todos é o da Mesa. Neste momento ritual, a folia canta “trechos” inspirados na passagem bíblica da Santa Ceia celebrada por Jesus e seus discípulos. A dona da casa que recebe a folia, numa representação deste momento, prepara sua Mesa com pão, vinho, peixe e uma imagem figurativa da Santa Ceia.

A folia, conduzida pelo toque da sanfona, do triângulo e pelos instrumentos de couro (pandeiro, caixa e bumbo) e de corda (viola, violões e cavaquinho) vai aos poucos preenchendo musicalmente o ambiente com sua sonoridade peculiar. Cada folião exerce sua função específica dentro do evento sonoro. Aos cantadores, cabe o capricho no cantar, expressando vocalmente todo o sentimento de fé e adoração contidos nos “trechos de Reis”.

Dentro dessa paisagem sonora o toque de cada instrumento tem sua importância e deve ser preciso para garantir um bom desempenho da folia. Do triângulo (primeiro instrumento a ser tocado pelos foliões ao ingressarem na folia) à sanfona (instrumento solista que conduz as “toadas” da folia), todos são respeitados como partes fundamentais para que a performance da folia seja realizada a contento.

Durante o momento da Mesa, após a folia cantar “trechos de Mesa”, todos “comungam” do pão e do vinho oferecido pela dona da casa rememorando o gesto realizado durante a Santa Ceia. Assim, de forma integrada, asseguram a harmonia da folia e a união das famílias que partilham de seus momentos sagrados.

 

Deixa um Comentário