set 23, 2010

Postado

Embate de Cores (Dança de Caboclo)

Vem do mato, é dança de caboclo
São Sebastião amarrado, guerreiro desarmado
E de que lado vem a proteção?
Vem do rei? Vem do índio?
Vem de quem?
É o embate das cores
Entre o azul e o vermelho
E tudo que existe ali no meio
Entre os que crêem e os pagãos
Entre o céu e o inferno
E tá formada a tradição.
É dança da fita
É encenação
Vem do santo
Vem da luta
Vem do rei
Vem do mato, é dança de caboclo!

Para Saber Mais:

Filme Cores da Mata

Deixa um Comentário