mar 19, 2010

Postado

Entrevista Maria Rita

 
                                      Túmulo da Família Monteiro de Barros
Assombrações. Fantasmas. Gente morta. Vozes e vultos. Comunicação com o outro mundo. Não, não estamos falando do enredo de algum filme, muito menos da sinopse de um livro de Stephen King.
O contato com seres do além sempre foi um tema que gerou muitas polêmicas, controvérsias e calafrios. Histórias de assombrações, aparecimentos e sustos ganham cada vez mais o adorno alegórico ao serem proferidas em noites frias, ao lado da fogueira do acampamento, ou vindas da voz da avó, sentada na poltrona contando histórias daquele tempo saudoso. Estes pontos fazem-nos crer que as “assombrações” são coisas dos antigos ou então não passam de lendas urbanas. Maria Rita está aqui para provar o contrário.

                               a garota médium

A jovem médium conta, no vídeo a seguir, suas primeiras experiências com fantasmas, de como os seres deixaram de ser um tormento e se tornaram parte de sua “missão”. Maria Rita narra os fatos com segurança e profundidade, nos fazendo ativos em cada cena. O que fez Maria Rita se descobrir especial? Que forma ela encontrou de ajudar os espíritos? Confira no vídeo.

Deixa um Comentário