set 17, 2013

Postado

Congado Nossa Senhora do Rosário – Santos Dumont

Congado Nossa Senhora do Rosário – Santos Dumont

Era descendo a ladeira da Rua Frei Orlando, no bairro Santos Antônio, que ocorriam a maioria dos ensaios da Banda de Congado Nossa Senhora do Rosário. Em alguns dias os congadeiros se encontravam no final do bairro, próximo ao Pontilhão do Três Bocas que se localiza na estrada que dá acesso ao Museu de Cabangu, e percorriam a Rua José Carlos de Paula até chegarem próximo a ponte da Rua Frei Orlando. Nesse percurso, os moradores do bairro saiam para fora de suas casas afim de assistir o ensaio e as belas danças realizadas pelos componentes do grupo. Tal façanha, deixa saudade nos moradores do Santo Antônio. A comunidade, que é unida pela tradição, pela amizade e pelo companheirismo, possui hoje apenas a lembrança dos bons tempos de Congado.

1978 4 ok

1978 2 ok (640x520) (2)

 

O grupo, a princípio, era composto por cerca de 40 componentes. Desativado por quase duas décadas, houve a tentativa de retomar as atividades no ano de 2004. Tal reinício contou com cerca de 24 integrantes que mesclavam gerações. O Congado, que deixou uma enorme saudade na comunidade no bairro que originou o município de Santos Dumont, sobrevive hoje da lembrança de seus antigos membros. Darcy, a primeira princesa da banda, na década de 1970, lembra com orgulho e entusiasmo o dia em que foi coroada por seu avô, um dos fundadores do grupo. Eliane, filha de Chico Martins – o tocador de acordeom do Congado nos anos 2004 -, foi uma das primeiras mulheres a bater o mulato – nome dado ao bastão utilizado na dança – junto com sua companheira de dança Cris. Igor, que na época tinha cerca de 11 anos, puxava a fileira da dança junto com Bruninho levando alegria e diversão ao público.

 

1978 1 ok

 

Ligado a Igreja Católica o Congado, que possuía grande apoio dos padres residentes no Seminário Seráfico Santo Antônio (que está localizado próximo a Rua Frei Orlando), realizava a maioria de suas apresentações nas festas religiosas dos bairros e distritos sandumonenses. Na Igreja de Santo Antônio, ocorriam missas Congas com participação ativa de todos os moradores do bairro. No final da missa, os congadeiros saiam dançando e cantando sua devoção a Nossa Senhora do Rosário.

  1. maravilhoso estes relatos

Deixa um Comentário