mai 27, 2010

Postado

Reis e rainhas negras no Brasil

Reis e rainhas negras no Brasil
Em meio à sociedade escravocrata, as comunidades negras brasileiras reescreveram sua história e identidade criando Irmandades e rituais específicos.

No Congado reis e rainhas negras são coroados e todos celebram a liberdade, reforçam os laços de solidariedade, remetem à África mítica e reverenciam Nossa Senhora do Rosário e outros santos. Louvam cantando e dançando em cortejo pelas ruas por ocasião dos festejos em torno do Rei, da Rainha e de sua corte.

 

Nas Embaixadas, que rememoram antigos embates ou negociações entre nações, dramatizam com falas longas e ritmadas. No Congado de Nossa Senhora do Rosário de Visconde do Rio Branco Rei Congo e Rei do Meio relembram o mito de Nossa Senhora ao visitar uma igreja:

 

_”Que gente são essas”?
_”Nós somos da Serra Rosada, e viemos trazer Nossa Senhora para sua morada.”
Segundo contam  os antigos, uma imagem da santa foi encontrada em  uma loca de pedra e levada pelos congadeiros para a igreja, a partir daí ela se tornou protetora deles.
Essas e outras histórias fazem parte de nossa cultura afro-brasileira, nos mostrando quão rica e singular são suas manifestações.

 

Como referência pesquisamos:                                                *Negras Raízes Mineiras- Os Arturos, de Núbia Pereira de Magalhães Gomes e Edmilson de Almeida Pereira.
*História, Mito e Identidade nas festas de Reis Negros no Brasil- Séculos XVIII e XIX, de Marina de Mello e Souza.

Para saber mais:

Deixa um Comentário